31.12.10

Sementes para 2011 ~ Boas entradas

27.12.10

Convite



"a escrita do sudoeste" surgiu, como tema do modulo do curso livre de escultura cerâmica , orientado pela professora Elsa Gonçalves.
O património histórico de Almodôvar, foi a fonte de inspiração que levou os diferentes olhares dos artistas numa procura da identificação com as formas e com a riqueza plástica. Ficando um contributo para a historia desta escrita milenar, materializada nas peças que compõem a exposição "da forma da escrita à escrita da forma".

Juliane Fressynet

...
link e outro link



22.12.10




PEDRO FAZENDA

OBJECTOS DE ARTISTA

GALERIA CORRENTE DE ARTE


AVª D. CARLOS I, 109
1200-648 LISBOA
DE TERÇA-FEIRA A SÁBADO DAS 14H00 ÀS 20H00
TEL. 213 941 722
...

18.12.10

293 - 2010 - óleo / tela - 24 x 33 cm


...

10.12.10

Elucubração

~Elaboração cuidadosa de um trabalho a custa de vigílias ou de horas destinadas ao repouso. ≈ Cogitação, reflexão.
~ Meditação profunda. ≈ Cogitação, reflexão.
~ Elaboração de uma teoria pouco sensata baseada em divagações ou a custa de reflexões pouco pertinentes. ≈ Divagação.
Não se pode levar a sério as suas elucubrações.


Élucubration

Divagation, élaboration, extravagance, idée, pensée, réflexion, rêverie.
Ouvrage composé avec soin, à force de veilles et de travaille.
Œuvre ou théorie laborieusement édifiée et peu sensée, peu réaliste.
Ce mot ne se dit guère qu’au pluriel, et souvent dans un sens moqueur.

...
...

5.12.10

O filme realizado por Pedro Grenha e Rui Cacilhas,
Pouco a Pouco que foi rodado em Julho de 2009 nas oficinas ortopédicas do Hospital de São João de Deus em Montemor-o-Novo, venceu o prémio Gente da Minha Terra, no “Concurso de Vídeo da Fundação INATEL – 5ª edição”.


a versão completa está em www.montemordoc.com ver nos vídeos

Sinopse

Trata-se de um documentário assente numa procura constante da realidade social. Momentos do quotidiano de uma oficina pouco comum. Uma exploração do fluxo e da dinâmica própria das acções. O silêncio. A exploração do ruído das máquinas e o movimento mecanizado de quem constrói algo. Aqui, a montagem possibilita a construção de significados, de uma narrativa ficcionada. Constrói-se assim uma unidade espácio-temporal a partir de uma dialéctica entre a dimensão visual e sonora. Uma dinâmica de espaço retratando a lógica do exercício sequencial, do processo de transformação de materiais. Um mestre, os seus aprendizes... e os utentes. A ênfase é colocada na dimensão pessoal, na aprendizagem das relações.
http://grenhapportfolio.wordpress.com/workshop-de-documentario/

http://grenhapportfolio.wordpress.com/